sábado, 3 de outubro de 2009

Em vez de um show


Eu odeio todo o seu show e pretensão
A hipocrisia do seu louvor
A hipocrisia de seus festivais
Eu odeio todo o seu show
Longe com sua adoração barulhenta
Longe com seus hinos barulhentos
Eu tapo meus ouvidos quando você as canta
Eu odeio todo o seu show


Em vez disso, deixe que haja uma inundação de justiça
Uma procissão sem fim de um viver de retidão
Em vez disso, deixe que haja uma inundação de justiça
Em vez de um show
Eu odeio todo o seu show


Seus olhos estão fechados quando você ora
Você canta junto com a banda
Você lustra seus sapatos para o culto
Mas tem sangue em suas mãos
Você virou as costas para o desabrigado
E para aqueles que não se encaixam nos seus planos
Pare de brincar de religião
Tem sangue em suas mãos


Ah! Vamos discutir isso
Se seus pecados são vermelhos como o sangue
Vamos discutir isso
Vocês serão brancos como as nuvens
Vamos discutir isso
Pare de ficar brincando
Dê amor para aqueles que não conseguem amar
Dê esperança para aqueles que não a têm
Defenda aqueles que não conseguem se defender

Eu odeio todo o seu show

Jon Foreman - álbum: Summer EP - faixa: Instead of a show

4 comentários:

Érico disse...

Fala ae Sucesso!!

Este texto deu um show! hehehe...

abçs,
Érico

Pablo disse...

Concordo, meu irmão.Ótimo hino pra se cantar na marcha, dia 2.

Gustavo disse...

ótima música!

Me lembra muito Isaías 58... O Verdadeiro Jejum.

O que realmente Deus deseja daqueles que alegam segui-lo?

Abs!

Hermes C. Fernandes disse...

Uau! Que post! Concordo plenamente.

Parabéns pelo belo trabalho no blog. Já estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar para conhecer o meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão muito bem-vindos.

www.hermesfernandes.blogspot.com

Te espero lá!