sábado, 16 de maio de 2009

Cruz Credo! [parte II]


Não acredito em treinamentos evangelísticos pra impactar gente, se não há comprometimento em conhecer essa gente. Creio que preciso cair na graça do povo.

Não acredito em congressos de avivamento espiritual, se não há mudança de mente e coração. Creio na metanoia.

Não acredito que vamos alcançar o mundo pra Cristo com nossas marchas, panfletagens, gritarias que incomodam a vizinhança próxima da igreja... Creio que é o Espírito quem convence o homem do pecado, da justiça e do juízo.

Não acredito em liderança relacionada à idéia de “último topo da montanha”: quantidade de membros/seguidores, participação de “palestras sobre liderança”, títulos... Creio que liderar é servir: mordomia.

Não acredito no cristianismo das irmãs de oração que passam mais tempo na igreja do que batendo um papo com seus filhos (alguns, afastados do evangelho). Creio que o ativismo religioso é uma fuga [1].

Não acredito em crentes que projetam templos faraônicos, ao mesmo tempo em que há gente passando fome nos arredores. Creio numa igreja relevante às necessidades sociais de sua “Jerusalém”: solidariedade.

Não acredito que títulos qualifiquem alguém como espiritual. Assumir vários cargos pode ser uma desculpa para não estar em família, por exemplo. Creio que o ativismo religioso é uma fuga [2].

Não acredito que profissão seja o inverso de missão. Creio na missão integral.

Não acredito no “mais novo método de evangelização”. Creio que minha vida é o melhor método para levar alguém a Cristo: discipulado.

Não acredito que tenho a obrigação de pagar cachê pra ministro bacana. Creio na oferta voluntária.

Não acredito na teologia da prosperidade. Creio que a Graça de Deus é o suficiente.

Não acredito nos livros/blogs de auto-ajuda, com todas as suas boas intenções. Creio na comunhão entre os crentes: mutualidade.

Não acredito na oração como varinha de condão ou lâmpada mágica do Aladim. Creio na soberania de Deus.

Não acredito em pessoas perfeitas. Creio que exista gente (inclusive a minha pessoa) sendo aperfeiçoada: santificação.

Não acredito na religião: faça isso, não faça aquilo... Creio que cristianismo é estilo de vida.

Não acredito em Papai Noel. Creio em Papai do Céu.

Agora, como diz o meu avô paterno:
- Quer me enganar? Então, me dá uma bala Juquinha...

7 comentários:

Angie Abdon disse...

Aki, ali... vi uma coisinha ou outra q me cutucou o coração...

...:/

Érico disse...

fala Alexandre!!

antes de comentar...hehe...me lembrei do Vasco, rsrs, " ÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔ, eu acredito! Seremos campeões da Copa do Brasil!" hehe...

mas agora sobre o texto...realmente, muitas coisas "inacreditáveis" temos visto nomeio do povo de Deus, e isto tem gerado muitas confusões e dúvidas...tenho um amigo q se converteu a pouco tempo, mas tinha tanta "salada teológica" na igreja dele q o cara até hoje não consegue entender muita coisa sobre Deus...aos poucos tento explicar as dúvidas dele...

aumentado o coro do meu amigo Sucesso: "Não acredito num cristianismo de vassoura ungida, pente ungido, medalha ungida, etc..." vi na tv algo q me preocupou, parece q muitas pessoas estão indo na igreja pra pegar o "amuleto da sorte" e nem sequer sabe o nome do primeiro livro da bíblia..isso me incomodou...

Abçs,
Érico

Alexandre de Sá disse...

Isso é o que acredito, gente! Não vejo Deus como um Papai Noel, nem Seu Reino como marketing. Pra Deus, o menor é o maior; o maior é o menor. Deus não é justo segundo os nossos crítérios. Ele é soberano!

"Porque Deus não tem filhos prediletos." Mauro Israel Moreira.

"Nossa fé é alimentada pelo que está claro nas Escrituras e testada pelo que é obscuro." Agostinho (séc. IV-V)

Obrigado pelos comentários, Angie e Érico! Vocês me estimulam a escrever!

P.S.: Érico, vc realmente acredita nisso? Vasco campeão? rs!

Angie Abdon disse...

Erico é um homem de fé.
rs

Érico disse...

Vasco rumo a libertadores de 2010!! hehehe...é só vencer a Copa do Brasil...logo ali..hehe

Angie Abdon tb tá na visão cruzmaltina hein!

Disseste bem no texto e seu comentário, Sucesso, Reino de Deus é o Reino de Deus e não reino de homens ou empresas...etc...


Abçs,
Érico

Ps:. Vasco 3 x 0 Timeco

A caminhada solitária disse...

O Vasco eu num sei, mas a bala juquinha é boa. rs

Não há predileção, mas Deus tem um carinho especial pelos pobres... tema para um postagem?

Alexandre de Sá disse...

gostei!
=)